domingo, 7 de setembro de 2014

Never Gonna Be Alone - 4° Temporada - Capítulo 03 - O Que Foi? Foi o Louis!

Anteriormente: "eu ergo meu olhar no mesmo instante, sem acreditar que Jack, chorava."

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


- Jack, por favor, não eu não...

- Não o que? – Ele pergunta, enquanto as lágrimas escorriam por todo seu rosto.

- Eu-eu... – Gaguejo. – Me desculpe, eu sinto muito.

- Sente pelo o que?

- Por ter que te dizer adeus, Jack, eu sei o que você sente por dentro, mas, eu não posso, eu amo Louis, eu não posso abandoná-lo quando ele mais precisa de mim.

- Seunome... – Escuto a voz de Jack ficar pra trás, enquanto caminhava lentamente, porém agilmente.
Eu realmente não consegui entender nada o que aconteceu agora, eu beijei Jack, enquanto Louis estava no hospital, não certo, estou me sentindo culpada, se Louis souber, ele não irá gostar nada disso... Tanto é que eu também não gostei nada disso.

Depois de uns 10 minutos de caminhada, eu entro no carro novamente, dirijo lentamente até minha casa, estaciono o carro na garagem quando chego, fecho o portão em seguida, pego as chaves na bolsa. Conecto a mesma na fechadura, abrindo a porta e entrando na casa pela porta dos fundos.

- Oi Law. – Digo enquanto tirava o casaco que me aquecia, enquanto Lawrence pegava alguma coisa no armário.

- Oi. – Ela sorri de canto. – Vou fazer chocolate quente.

- Tá. – Respondo. – Já volto.

Caminho da cozinha até a sala, da sala até meu quarto, coloco o casaco sobre a escrivaninha, enquanto caminhava até a janela, fechando a mesma, fazendo com que nenhum som entrasse por aquela janela ou vento frio, aquecendo o quarto. Despi-me já no banheiro, ligo a torneira, que enchia com água quente a banheiro que há séculos eu não usava.

Assim que a banheiro completa o enchimento eu mergulho meus pés, enquanto sentia o choque térmico, ajoelho-me enquanto caia para trás lentamente, solto os fios de cabelo que estavam presos, deixando os mesmo molhar, era tão boa a sensação de ficar dentro da banheira quente, era como se estivesse nas nuvens, eu relaxo os ombros, em seguida molho meu rosto, mergulho mais fundo, a água bate nas minhas narinas, afundo mais um pouco, prendendo a respiração enquanto a única parte do meu corpo que não estava coberta pela água era meus olhos, os olhos que viram o sorriso de Louis, os olhos que viram a beleza do outro par de outros no qual nunca paravam de perseguirem os meus, os olhos que... Muitas vezes choraram que muitas vezes arderam, e que muitas vezes viram o que não era preciso...

Eu sinto realmente sua falta, Louis Tomlinson, onde está você, meu amor?

Quando percebi que eu estava mergulhada naquela banheira a muito tempo, eu me levanto, percebendo que meus pensamentos eram tão profundos que eu ta esqueci que tinha que levantar a cabeça para poder respirar, Louis me fazia perder os sentidos quando pensava ou estava junto dele, ah como eu amo aquele homem...

Saio do banheiro enrolada numa toalha branca, caminho rapidamente até o guarda-roupa, pego um moletom caído no fundo do armário, uma legging, alcanço um par de coturnos na parte superior do armário, me viro com os sapatos na mão, quando eu me deparo... Deparo com Jonathan... O anjo chamado Jonathan...

- Jonathan...? – Pergunto baixinho, pois apenas eu podia vê-lo.

- Olá, Seunome... – Ele sorri de canto.

- Por que está aqui? – Caminho até ele.

- Vários motivos – Ele sorri novamente. –, Muitos outros motivos desde minha ultima visita.

- Pelo visto você já sabe o que está acontecendo.

- Eu sempre sei o que está acontecendo com você, Seunome.

- Eu sei... – Assenti enquanto fazia que “sim” com a cabeça. – Jonathan, eu consigo te abraçar?

- Eu sou um anjo você não... – Antes que Jonathan terminasse de falar eu o abracei mesmo sabendo que era impossível de senti-lo, mas por incrível que pareça, eu consegui senti-lo, como se ele realmente fosse completamente humano.

- Como é possível? – Ele pergunta, com certo tom de duvida em seus olhos brilhantes.

- Deve ser por que eu confio em você, Jonathan...

- Falando sozinha? – Lawrence diz entrando no quarto, com certo tom de brincadeira na voz.

- Não. – Reviro os olhos rindo levemente, enquanto Jonathan tinha desaparecido.

***

- Rápido levanta! – Escuto alguém dizer algo, abro os olhos lentamente, Lawrence me chacoalhava, eu pisco algumas vezes, eu estava na sala de estar, enrolada num cobertor fofinho.

- O que foi?! – Pergunto tirando o cobertor de cima de mim.

- Foi o Louis! – Ela sorri de canto.

- O que tem ele?!

- Ele acordou! – Exclama claramente feliz.

- É sério?! – Pergunto não acreditando, eu lembro-me de Jonathan, era isso que ele queria me dizer.

- Você acha que eu brincaria com uma coisa dessas? Meu Deus. – Vamos vê-lo agora.

- Avisou minha mãe?

- Sim. – Ela responde. – Vem! – Ela me puxa pelo braço, antes de entrarmos no carro ela tranca a porta, provavelmente seriam umas 2hrs da manhã, mas eu faria qualquer coisa por Louis, e mesmo se continuasse dormindo, iria acordar de mau jeito por dormir no sofá.

O caminho até aquele hospital foi fácil, quase nenhum carro circulando, o sinaleiros pareciam estar cooperando, pois apenas às vezes estavam vermelhos, chegamos até mesmo antes dos pais de Louis, ou tios de Lawrence.

- Podemos falar com ele? – Lawrence pergunta a enfermeira, após alguns segundos de conversa.

- Podem sim, mas um de cada vez. – Lawrence assente.

- Vai você... – Lawrence diz, antes que eu pudesse dizer algo também.

- Não, Lawrence, de jeito nenhum, você é prima dele, agora, pode ir.

- E ele te ama você é a namorada dele, agora, vai você primeiro.

- Está bem... – Assinto seguindo a enfermeira, apesar de saber o caminho ao seu quarto.


Caminhei até seu quarto coma enfermeira, eu sorria de canto só de imaginar o seu sorriso, e quando ela puxa a porta para que eu entrasse, esse sorriso escapa dos meus lábios, me fazendo ter aquele grande sorriso pendurado nos meus lábios, ele estava vivo, não tinha palavras para descrever o que eu senti ali...


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Heey!

Sim, era pra mim ter vindo uns dias atrás, porém eu não pude, me desculpem amores, eu realmente não pude, ahh obrigada pela Saah, por comentar! Ta aqui o capítulo amr!

Espero que tenham gostado viu, bem, vou passar o resto da noite pensando no min imagine do Niall, "Whatever You Are" vai estar perfeitoooo! Aiii Comentem hoje??

Beijinhos!
Sim, copiando a Nick, negocio aqui é plagio mesmo! Beijooos!

4 comentários:

  1. TA PEEFEITOOO MEU DEUS ♡♥♡, continua logo menina, ameeei. Hehe, ficou fofa sua ass, bjs.
    Xx Nick

    ResponderExcluir
  2. haha amei o capitulo divando como sempre , continua ��❤��
    XxSaah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuo! Hoje Atualizo a fanfic! Obrigada por comentar!

      Excluir